Os primeiros sindicatos nascem exatamente na Inglaterra, considerada o “berço do capitalismo”, durante a Revolução Industrial, no século 18. Esse fenômeno aconteceu quando o antigo sistema econômico, o feudalismo, sai de cena e entra o capitalismo. Com esse processo de transição, a sociedade se divide em duas classes: um lado, a burguesia – dona dos meios de produção (máquinas, matérias primas, entre outros); do outro lado, o proletariado, obrigado a vender a sua força de trabalho aos capitalistas (burgueses).

Divulgação

No Brasil a classe operária surge no século 19, tendo como ligação ao processo de mudança na economia que, na época, era o café. No entanto, o início, de fato, ocorre no século seguinte. Foi nessa época que nascia os primeiros sindicatos no país.

Em Sorocaba com a construção da ferrovia em 1872 e de outras fábricas, a cidade começou a ter seus primeiros operários. A base trabalhista é a mesma do Estado de São Paulo. As primeiras organizações sindicais acontecem a partir do século 20.

Com o nascimento da classe operária, os trabalhadores começaram a se unir e criar sindicatos. Os séculos 19 e 20 foram momentos de mudanças e de crescimento na classe trabalhista. Mas nem tudo foi conforme as trilhas do trem, de progresso. Em 1964, acontece o golpe militar, no Brasil, e a sociedade constituiu uma intensa e profunda repressão ideológica que a classe trabalhadora enfrentou na história do país.

21 anos depois, a ditadura termina, criando esperanças de crescer o movimento sindical. Em 1988, com a nova Carta Constitucional, o movimento sindical brasileiro passou a ter maior liberdade, principalmente tendo livre-arbítrio para construir entidade sindical, inclusive aos funcionários públicos no artigo 37, VI da Constituição Federal.

Com toda essa discussão levantada, este trabalho tem como meta mostrar, por meio deste website, a história e os veículos de comunicação sindical em Sorocaba. Foram feitas entrevistas, dentre elas, 25 áudios e 24 vídeos.

Retratamos a história dos sindicatos dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, Ferroviários da Sorocabana, Trabalhadores nas Indústrias Têxteis e Rodoviários de Sorocaba e Região.

Pelo pouco tempo em desenvolver todo o conteúdo deste produto, cerca de três meses, exploramos poucas informações sobre os sindicatos e o movimento sindical. A nossa meta era divulgar o máximo possível de categorias de Sorocaba e, também, mostrar várias histórias sindicais entre os séculos 18 (onde começou tudo) e 21.

***

Trabalho de Conclusão de Curso como requisito parcial para obtenção do Diploma de Graduação em Comunicação Social, habilitado em Jornalismo, da Universidade de Sorocaba (Uniso), em 2010.

Anúncios

Sobre jornalismosindicalsorocaba

Trabalho de Conclusão de Curso como requisito parcial para obtenção do Diploma de Graduação em Comunicação Social, habilitado em Jornalismo, da Universidade de Sorocaba (Uniso).
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para

  1. Rái disse:

    que tipo de problema de áudio vc fala?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s